Navegar / buscar

Seja bem vindo(a) à 4ª versão desse Sítio que nasceu da curiosidade sobre como construir uma página de internet. Esse endereço serve de laboratório, não seja exigente em demasia com relação ao conteúdo ou aparência, mas prometo trazer sempre alguma informação útil para aqueles corajosos que regressarem depois de uma primeira visita.
screenshot da página
O tema atual é RESPONSIVO, ele se AJUSTA à tela onde é exibido. Este recurso torna a página mais preparada para os diversos tipos de dispositivos usados atualmente (Smartphone, Tablet, Desktop).
ESTAMOS AGORA EM FORMATO DE BLOG

Maior interatividade com o visitante!

Informe links quebrados
O desaparecimento de pessoas é mais comum do que imaginamos, e causa um trauma familiar muito grande. Nessa hora toda ajuda é importante. Os links a seguir são de órgãos e/ou instituições das três esferas de poder ligadas ao problema:

Rádio Muzaiko.info

Programação 24 horas em Esperanto

Esperanto no ensino

O Esperanto é a língua artificial mais falada no mundo. Ao contrário da maioria das outras línguas artificiais, o esperanto saiu dos níveis de projeto (publicação de instruções) e semilíngua (uso em algumas poucas esferas da vida social).
O esperanto é empregado em viagens, correspondência, intercâmbio cultural, convenções, literatura, ensino de línguas, televisão e transmissões de rádio. Alguns sistemas estatais de educação oferecem cursos opcionais de esperanto, e há evidências de que auxilia na aprendizagem dos demais idiomas.
Fonte: Wikipédia

A última busca no Google pelo termo “esperanto” em 02/01/2015, retornou mais de duzentos e sessenta e um milhões de resultados (261.000.000). Isso dá uma dimensão da atividade dos falantes da lingua. http://goo.gl/Lr4DN

O Esperanto tem crescido tanto que o Google criou uma versão de sua página nesse idioma, status que muitas línguas nacionais ainda não conseguiram: http://goo.gl/MGa65

CORRENTES: Desde os primórdios da escrita as correntes existem, com as mais diversas finalidades, e sempre ganham novo impulso a cada nova tecnologia disponibilizada. Foi assim quando surgiu o papel carbono, a máquina de escrever, as copiadoras, e agora o correio eletrônico.
Se antes existia o limite imposto pelo custo das cópias e da postagem, hoje esse limite não existe mais, tornando as correntes um problema pelo volume gerado. Reduzindo consideravelmente a eficiência e a velocidade da rede pelo imenso volume de lixo que trafega por ela. Leia mais…